Texto reflexivo: Você percebe o primeiro sintoma!

Você percebe o primeiro sintoma!

Dor de cabeça. Depois dor na garganta, mas acha que não é nada. Então perde o paladar e tem um desconforto respiratório. Você acha que é ansiedade e então vem a febre 38.3° A partir daí você decide ir ao médico, chegando no hospital logo na triagem, colocam uma máscara em você. Te colocam em observação. Colhem exames, te fazem inúmeras perguntas....A sua falta de ar aumenta, você vê profissionais trabalhando, um encaminha o exame, outro prepara medicação, até que a falta de ar fica insustentável, monitor começa a alarmar, você sente o coração bater mais rápido e escuta uma voz dizendo prepara o material vamos entubar, você começa a sentir um sono ao qual não consegue se manter acordado.
A partir daí meu amigo já te sedaram, você não responde mais por você, está agora nas mãos dos profissionais de saúde, as imagens da tomografia não apresentam nenhuma melhora enquanto isso sua família te assiste de longe, sem dar um abraço e dizer um eu te amo de pertinho, várias drogas para te manter vivo, os profissionais se empenhando ao máximo.
Até que um dia se tem um movimento grande de pessoas perto de você, mas você está em coma, vários ciclos de manobras e medicações para ver o ritmo cardíaco e pressão arterial restabelecido, os profissionais fizeram tudo o que estava no alcance, mas você já não está mais ali, e seu corpo começa a perder a cor da vida.
Hora de conversar com a família, não pode abraçar, não pode se despedir, somente a lembrança, a lembrança de tudo que você fez e viveu com seus familiares e amigos.
Entenda a importância de estar em QUARENTENA, se você tem a oportunidade de ficar em casa, Fique!!!
Para que não aconteça essa história com você e sua família.
~ Cilmar Tadeu

Postar um comentário

0 Comentários