Hospital Napoleão Laureano pode parar de funcionar por falta de equipamentos de proteção


A pandemia do novo coronavírus pode afetar diretamente o Hospital Napoleão Laureano. É que a direção do hospital está com dificuldades de encontrar no mercado os EPIs, que são os equipamentos de proteção para os profissionais da saúde.
O diretor financeiro Marcelo Lucena explica que o estoque no Napoleão Laureano já está chegando ao fim. Ele faz um apelo em busca de doações de máscaras cirúrgicas para o hospital não precisar parar o funcionamento.
“Não estamos com esse problema dos EPIs por questões financeiras, mas por dificuldade de encontrar lugar para vender. Tentamos em todos os lugares a semana inteira e não encontramos. Os poucos lugares que ainda tem mudou o custo passou de 0,50 centavos para 5 reais, sendo um valor absurdo. Estamos precisando urgentemente de doações de máscaras”, revelou Marcelo Lucena.
Atualmente, o Hospital Napoleão Laureano atende 74% de todos casos de câncer da Paraíba. Desse número, 92% são pacientes do SUS. Todos os pacientes fazem parte do grupo de risco e é necessário os EPIs para dar continuidade aos tratamentos.

wscom

Postar um comentário

0 Comentários