Umbuzeiro participa do Consórcio Intermunicipal para a Gestão dos Resíduos Sólidos do Cariri Oriental ~ Umbuzeiro Notícias

WHATSAPP

WHATSAPP
Fatos & Fotos

ELEIÇÕES 2016

CLTR TV

Paraíba com memória

CLIQUE NA IMAGEM OU AQUI PARA LER MAIS TEXTOS

O que achou do site?

EM QUEM VOCÊ VAI VOTAR PARA O CONSELHO TUTELAR DE UMBUZEIRO

OBSERVAÇÃO

Onde se lê: 11 - MARLO leia-se: 11 - MARLON

Partidos de oposição em Umbuzeiro realizam convenção no dia 30 de julho

Os partidos de oposição em Umbuzeiro, formados pelas Comissões Provisórias Municipais do  PSB, PTC, PRB, PTN, PT do B, PPS e do Diretório M...

45e8387f6c6b416e2178552f488f805c.html]

RÁDIO UMBUNET

RÁDIO UMBUNET
Clique e ouça pelo celular

ENQUETE: ELEIÇÕES 2016

18 de setembro de 2015

Umbuzeiro participa do Consórcio Intermunicipal para a Gestão dos Resíduos Sólidos do Cariri Oriental


O Consórcio Intermunicipal para a Gestão dos Resíduos Sólidos do Cariri Integral (Cigrescor) realizou no dia 10 de agosto de 2015, reunião que ocorreu na Câmara Municipal de Queimadas. O evento teve como objetivo a concordância entre os prefeitos participantes, em torno do rateio para as despesas administrativas iniciais para dar prosseguimento a organização e procedimentos das ações e atividades do sistema de disposição final dos resíduos sólidos. A cidade de Barra de São Miguel também aderiu ao Consórcio e agora são onze os municípios integrantes do Cigrescor.

O valor de rateio para cada município variou de acordo com o número de habitantes e em conformidade com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Para os municípios de Riacho de Santo Antonio, Caturité, Alcantil, Barra de São Miguel, Santa Cecília, Barra de Santana, Gado Bravo e Umbuzeiro, o valor definido no rateio foi de R$ 1.200 (Hum mil e duzentos reais); Boqueirão e Aroeiras o valor foi de R$ 2.400 (Dois mil e quatrocentos reais) e Queimadas ficou com o rateio no valor de R$ 3.600 (Três mil e seiscentos reais).

O prefeito de Queimadas, Jacó Maciel que também é vice-presidente do Consórcio, sugeriu que os prefeitos que respondem pelos onze municípios integrantes do Cigrescor, possam nos próximos dias se reunir e viajar juntos a Brasília na tentativa de dialogar com os deputados federais paraibanos, apresentar o projeto de instalação do aterro sanitário e poder angariar recursos federais, que possam agilizar esse processo junto aos municípios. “É de suma importância que juntos possamos viajar a Brasília, para podermos cobrar ajuda por parte dos deputados federais, no sentido de agilizar o processo de instalação do aterro sanitário em nossos municípios. É óbvio que onze prefeitos terão um impacto bem maior que apenas um”, destacou.

Localização
A localização do aterro sanitário ainda não foi definida, segundo informações do prefeito de Boqueirão, João Paulo que também é presidente do Consórcio. Ele explicou que há a possibilidade de o aterro sanitário ser instalado em mais de um município. “Sim, o aterro pode ser instalado em dois ou três municípios, para não sobrecarregar apenas um município. A ideia do Consórcio é justamente essa, a de todos nós os prefeitos podermos nos ajudar, cumprindo com nossas obrigações ambientais e honrando as exigências dos poderes conferidos para a solução da grande problemática do lixo nos respectivos municípios”, pontuou.

Presentes
Estiveram presentes os prefeitos de Queimadas, Jacó Maciel; de Gado Bravo, Austerliano Evaldo Araújo; Santa Cecília, Daniele Lopes de Mendonça; Barra de Santana, Joventino Ernesto do Rego Neto; Boqueirão, João Paulo Barbosa Leal; Barra de São Miguel, Luzinete Teixeira Lopes; Umbuzeiro, Ítalo Pimentel, representando o prefeito Thiago Pessoa; Caturité, Jair da Silva Nunes; a advogada responsável pelo Consórcio, Jucimara Cavalcante Andrade e a secretária, Maria do Socorro Barbosa e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Queimadas, Marlon Luã Monteiro, além representantes da sociedade civil.

via Blog da Simone Duarte

Artigos Relacionados:

0 comentários:

Postar um comentário

AS MAIS LIDAS DA SEMANA